EUA vão relaxar proibição de viagens para passageiros vacinados da UE e do Reino Unido, diz relatório

016-vacina-passaportes-cnet-2021
Os EUA podem em breve suspender as restrições de viagens para visitantes da UE e do Reino Unido.
Para obter as notícias e informações mais atualizadas sobre a pandemia de coronavírus, visite os sites da OMS e do CDC .

Os passageiros que foram vacinados contra o COVID-19 poderão viajar para os EUA da UE e do Reino Unido a partir do início de novembro , de acordo com a CNN. Os viajantes que entrarem nos Estados Unidos terão que apresentar prova de vacinação e um teste negativo feito três dias antes da partida para os Estados Unidos, disse o coordenador de resposta do COVID-19 da Casa Branca, Jeff Zients, a repórteres na segunda-feira.

As restrições para voos da China, Índia, Irã, Brasil e África do Sul também serão atenuadas , observou a Associated Press.

Os americanos não vacinados que retornarem aos Estados Unidos aparentemente precisarão fazer o teste um dia antes da partida, com outro teste exigido na chegada. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos também exigirão que as companhias aéreas guardem os números de telefone e endereços de e-mail dos passageiros por 30 dias para fins de rastreamento de contatos.

A Administração de Segurança no Transporte também aplicará multas duplas para pessoas que se recusarem a usar máscaras em aviões.

A notícia chega 18 meses após o então presidente Donald Trump proibir de forma geral viagens da UE e do Reino Unido para os EUA. De acordo com a política atual , apenas os cidadãos dos EUA, seus familiares imediatos, titulares de green card e aqueles com isenção de interesse nacional podem viajar para os EUA se tiverem estado no Reino Unido ou na UE nas duas semanas anteriores.

O presidente Joe Biden está sob pressão de políticos europeus e das principais companhias aéreas para suspender as restrições, conforme notado pelo The Wall Street Journal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *