Facebook perde dólares de publicidade no Disney Plus em meio a boicote, diz relatório

Enquanto o Facebook lida com um boicote de anúncios organizado por grupos de direitos civis, a rede social teria perdido uma quantidade significativa de negócios de um de seus maiores anunciantes: a Disney. A gigante do entretenimento cortou seriamente seus gastos com publicidade no Facebook , informou o The Wall Street Journal no sábado, citando fontes não identificadas.

Os cortes incluem uma pausa nos anúncios do serviço de streaming de alto nível Disney Plus  e uma suspensão dos anúncios no Instagram do Facebook para o serviço de streaming Hulu, disse o jornal, acrescentando que o prazo para os cortes não é claro. A Disney é a proprietária majoritária do Hulu.

A notícia chega em meio à campanha #StopHateforProfit , um boicote com o objetivo de levar a rede social a fazer mais para combater o discurso de ódio e a desinformação. Centenas de marcas aderiram publicamente ao boicote, incluindo Microsoft, Verizon, Volkswagen e Sony Interactive. 

Ao contrário dessas marcas, a Disney não fez um anúncio público, mas em vez disso cortou discretamente os anúncios no Facebook, disse o jornal. A campanha #StopHateforProfit foi iniciada por um grupo de organizações de direitos civis, incluindo a NAACP e a Liga Anti-Difamação.

Nos primeiros seis meses deste ano, a Disney foi o principal anunciante do Facebook nos Estados Unidos, observou o Journal, e em 2019 era o segundo lugar, depois da Home Depot. 

O Disney Plus é responsável por grande parte das despesas de marketing da Disney, disse o Journal, com a Disney gastando cerca de US $ 210 milhões em anúncios no Facebook para o serviço de streaming nos Estados Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *